11 de out de 2009

Semeadura: A livre escolha de uma colheita certa






























2 Coríntios 9:6 ¶ E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará.
Gálatas 6:7 Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará.
Gálatas 6:8 Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna.

Os pastores gostam muito deste texto para pedirem dinheiro. Mas eu não vou usar esse texto para falar de oferta, dízimo, e afins. Aliás seria errado falar de dízimo nestes textos pois o Novo Testamento não cita a palavras dízimo.

Vamos em primeiro lugar entender no nosso dicionário o verdadeiro significado da palavras semeadura.
Semeadura
“se.mea.du.ra sf (semear+dura1) 1 Ato ou efeito de semear; semeação. 2 O grão que vai ser lançado à terra. 3 Terreno semeado; semeada.” http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php?lingua=portugues-portugues&palavra=semeadura)

Gostei muito do significado que diz grão que vai ser lançado á terra ou seja você vai plantar uma semente na terra e ela vai nascer. Podemos como cristãos plantar várias sementes na nossa terra. Como também a nossa terra é a nossa vida, nosso coração. Eu gostaria de colocar neste texto as várias sementes que nós podemos plantar e estes se encontram em Gálatas 5. Vejamos estas sementes

13 ¶ Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor.
14 Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
15 Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais também uns aos outros.
16 Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne.
17 Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis.
18 Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei.
19 Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia,
20 Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
21 Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus.
22 Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.
23 Contra estas coisas não há lei.
24 E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.
25 Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.
26 Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros.



Este texto começa falando em dar lugar à carne. Nós podemos descrever 2 formas de crentes, o crente carnal e o crente espiritual. O crente carnal é aquele que vive das manifestações da carne, porém, não deixa de ser um crente. Ele vive daquilo que seus olhos vêem, ele não entende a fé como algo que o leva para o alvo, mas sim como algo impossível de se realizar. O crente espiritual é aquele que vive pela fé, buscando na oração, no espírito mesmo respostas para os problemas da vida diária.
Nós seremos frutos do nosso próprio plantio. Uma pessoa mentirosa, ela vai colher os frutos da tempestade de sua própria mentira. Uma pessoa verdadeira vai colher dos frutos da sua verdade.
Neste texto a primeira citação é a nossa liberdade. O crente é livre! Livre para amar, adorar, ir e vir, caminhar, tomar suas próprias decisões. Muitas vezes é nas nossas decisões que tropeçamos. Muitas vezes podemos calar ou falar. Nossas atitudes vão dizer quem somos sim. Hoje em nome de um “eu sou humano”muitas pessoas têm perdido a linha do respeito ao próximo, aos seus familiares, aos seus funcionários e porque não aos membros da sua igreja e membros aos seus pastores.
Desde que Adão pecou o homem luta com sua carne sempre. Uma coisa que fico a pensar é que temos tantos e tantas que se julgam tão senhores do “certo” porém este mesmo provém da mesma fonte que eu em pecado me concebeu minha mãe. “Eis que em iniqüidade fui formado, e em pecado me concebeu minha mãe.”Salmo 51:05.
A semeadura é livre, a colheita será obrigatória. Que possamos plantar mais o amor, a longaminidade, paz, fé, mansidão, bondade, equilíbrio. Infelizmente pegamos algumas moletas e deixamos a nossa carne é mesmo rolar. Gostamos muito de falar, mas, de ouvir gostamos muito pouco. Pregamos a mansidão mas infelizmente o que mais tenho visto é a agressividade no meio evangélico. Os pastores tem tratado suas ovelhas com muito descaso. Hoje a maior preocupação é o dízimo. Se você dá dízimo está tudo bem, senão, é como se o pastor não tivesse muito que se preocupar, afinal é um peso morto, não é mesmo? Vejo como as pessoas são tratadas dentro da igreja com diferença. Os ricos são sim muito melhores tratados. Pode ser o que for...tem grana! Hoje o interesse não é se você vai estar bem, é se o fulano A ou B vai estar bem ou não. Estou muito entristecida com o que tenho visto e acho que Jesus precisa mesmo voltar logo, senão...essa pastorada vai matar todas as ovelhas . Eu não sou contra pastores não. Tenho familiares que são pastores, enfim, falo do que tenho visto, ouvido, e claro daquilo que já vivenciei. Falo também de ovelhas-lobos, que enganam, dos profetas de baal entende? Hoje a moda é ser profeta e viver pela fé. Um tal de ser “duzenas” e ficar com o marido da pastora. Semeadura e colheita. Cada um vai colher segundo seu coração e semeadura. Muitos hoje cobiçam sua própria glória. Eu já andei muito no meio de pastores e já tive o desprazer de ouvir algumas conversinhas assim: Ah minha igreja está crescendo...ai eu pensei ...ele vai falar de quantas conversões. Pasme eles começaram a falar de entradas financeiras. Quem tinha mais grana era o mais próspero. Eu não a Bíblia diz que isso é vanglória pessoal e é obra da carne e vai colher da carne.
Quero terminar dizendo o seguinte:
Como está sua vida?
Como está sua igreja?
Como está sua vida financeira?
Como está o seu casamento?
Como está sua saúde?
Como você está se relacionando com Deus?
Para que tudo te vá bem semeie no Senhor e com clareza. Semeie a paz, a alegria, o amor, a paciência e você terá muitos frutos de paz, alegria, amor, etc.
Que o nosso coração semeie o bem, a liberdade e amor para que nossa colheita seja farta e abundante.




3 comentários:

  1. Concordo com o que você escreveu. Realmente tudo é verdade. Mas como obter esta consciência ? Muitas pessoas, por diversos motivos estão sendo enganadas. São manipuladas, são levadas a interpretações erradas das escrituras. Está escrito: Errais não conhecendo as escrituras. Mas as pessoas, muitas delas desde o berço, estão sendo doutrinadas e sendo levadas a aceitar sem questionar a canalhice de interesses multiplos de líderes sem escrupulos, e óbvio sem o Espírito Santo.

    ResponderExcluir
  2. Agradeço sua participação no meu blog, isso tem sido motivação para eu escrever mais.kkk
    Realmente eu mesma fui assim um dia. Acreditei que era pecado pensar, acreditei que era pecado discordar, acreditei...mas sabe Quem tem o Esp´rito Santo Ele mostra. Uma hora ou outra, de uma forma ou outra, Eu creio que ninguém vai ficar sem entendimento. O que eu vejo hj é que o entendimento vem, mas o fulano quer cargo então ele prefere ficar calado, entende? reclama mas nao se posiciona. POrque se posicionar custa e custa caroooooooooooooo mas eu não desisto!!!!!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Shalom!

    Uma alegria conhecer seu blog. O Eterno
    resplandeça o rosto DELE sobre ti.

    Medite no Salmo 36.8,9

    Nele, Pr Marcello

    P.s>> Visite:

    http://davarelohim.blogspot.com/

    e veja o texto:

    Serei para Israel como o orvalho

    ResponderExcluir

Podem comentar...eu fico feliz!!!!!!!!!