11 de jan de 2010

Sossegai


SOSSEGAI




                                      Ó Mestre o mar se revolta,
                                       As ondas nos dão pavor
                                       O céu se reveste de trevas,
                                       Não temos um Salvador
                                       Não se te dá que morramos?
                                       Podes assim dormir,
                                       Se a cada momento nos vemos,
                                       Sim prestes a submergir?
                                       As ondas atendem ao meu mandar:
                                       Sossegai. Seja o encapelado mar
                                       A ira dos homens, o gênio do mal;
                                       Tais águas não podem a naufragar,
                                       Que leva o Senhor, Rei do céu e mar.
                                       Pois todos ouvem o meu mandar
                                       Sossegai; sossegai.
                                       Convosco estou para vos salvar, sim sossegai.
                                       Mestre, na minha tristeza
                                       Estou quase a sucumbir
                                       A dor  que perturba minha alma,
                                       Eu peço-te vem banir.
                                       De ondas do mal que me encobrem,
                                       Quem me fará sair?
                                       Pereço, sem ti, ó meu Mestre,
                                       Vem logo vem me acudir.
                                       As ondas atendem ao meu mandar:
                                       Sossegai. Seja o encapelado mar
                                       A ira dos homens, o gênio do mal;
                                       Tais águas não podem a naufragar,
                                       Que leva o Senhor, Rei do céu e mar.
                                       Pois todos ouvem o meu mandar
                                       Sossegai; sossegai.
                                       Convosco estou para vos salvar, sim sossegai.
                                       Mestre, chegou a bonança,
                                       Em paz eis o céu e o mar
                                       O meu coração goza calma
                                       Que não poderá findar
                                       Fica comigo, ó meu Mestre,
                                       Dono da terra e céu,
                                       E assim chegarei bem seguro
                                       Ao porto, destino meu.
                                      As ondas atendem ao meu mandar:
                                      Sossegai. Seja o encapelado mar
                                      A ira dos homens, o gênio do mal;
                                      Tais águas não podem a naufragar,
                                      Que leva o Senhor, Rei do céu e mar.
                                      Pois todos ouvem o meu mandar
                                      Sossegai; sossegai.
                                      Convosco estou para vos salvar, sim sossegai.


                      Este hino para mim tem uma letra bastante profunda. Fico muito triste como muitas vezes certos hinos tão abençoados são tratados por serem antigos. Antigo é algo bom porém que já  existe há um determinado tempo. A Bíblia é antiga. Porém velho nos lembra algo desgastado, que talvez já esteja com seu prazo de validade vencido.


                       Pois bem, posso dizer sem medo que estes hinos antigos nos falam na alma até  hoje. Quantas vezes nos vemos num mar revolto de tantas coisas que nos entristecem. Sonhamos, imaginamos, e tantas coisas acontecem contra nossa vontade e com isso quem não se sente como que num meio de uma tempestade em alto mar? Parece que vamos ser tragados, engolidos, a fúria dos ventos nos balançam e parece que vamos cair? Naufragar...morrer!!!





                       Hoje sou uma pessoa que não acredita em mais ninguém. Eu não confio em ninguém mesmo. Prefiro falar comigo mesma do que me enfiar num gabinete de aconselhamento porque afinal só vc mesmo sabe o que vc passa, e só Deus pode te direcionar como sair...o resto é puro palpite!!! Existe uma ética falsa e mentirosa entre os pastores que vão dar conta com Deus no dia do Juízo final. Mas uma coisa que eu sempre aprendi foi a mentir a respeito dos sentimentos. Me lembro que não podia dizer que as coisas não iam bem... isso era declarar derrota e mostrar falta de fé, fraqueza... Para mim isso é falar mentira...podemos dizer assim: está ruim, mas...em Cristo podemos mudar tal situação. Diferente não é mesmo? 


                  Acabei fazendo tais comentários porque queria chegar num ponto....porque estas músicas são banalizadas?


                    Porque simplesmente os crentes-super-sônicos de  hoje não passam por tempestades....os mesmos sempre estão de boa. Nunca ninguém teve vontade de chutar o balde....nunca ninguém se sentiu injustiçado...nunca....aliás se colocam num lugar e numa posição que depois não conseguem se manter . Se escandalizam com o vizinho...mas esquecem dos seus próprios escândalos. Criticam os outros, mas se esquecem de se auto-avaliarem. Julgam mas não reconhecem seus próprios erros. Olho para os crentes atuais e me desespero. Ontem tive uma conversa com meu filho e fui clara com ele sobre o que penso da vida e queria saber dele o que ele pensava. Hoje namorados dormem no quaro com a namorada em nome de uma “confiança irresponsável” destes pais. Namorados e namorada viajam como se estivessem em lua de mel. São filhos de obreiros. Que autoridade essa igreja delega para pessoas tão irresponsáveis com sua própria casa?  Hoje você de repente recebe um email com provas que “pessoas” de ministério saem com homens casados... homens casados saem com mulheres... já tive o desprazer de ouvir isso de um ministro...que horror!!!!


                    Os jovens perderam o rumo....os pais perderam o controle de suas casas...E a igreja perdeu o alvo do seu papel na Terra. Isso é geral, não de A ou B. Me lembro quando ministrava aos jovens sobre esse tal “ficar”. Hoje eles não ficam...eles já fazem é tudo. Pior que nem sentem vergonha de contar...


                     Peço a Deus que meus filhos recebam a verdadeira Palavra nos corações deles e que eles vivam e desfrutem da vida como um dia eu fiz. Olho para traz e não tenho do que me envergonhar...ando na rua de cabeça erguida... tive uma juventude sadia, gostosa e que hoje tenho saudade daqueles tempos...eu realmente não tenho nada para recolher...mas sim colher...colhi frutos bons, de paz.


                     Que o mar sossegue, as suas ondas recebam a palavra de ordem: SOSSEGAI





                       Que neste ano eu possa encontrar meu caminho profissional


                        Rever minhas tarefas ministeriais


                        Receber meu troféu por uma vitória


                        E uma coisa peço ao Senhor...Que eu nunca me aparte da sua graça, sua vontade e do seu caminho!!!!!





FELIZ 2010 PARA TODOS NÓS!!!!!!!!!


               


                           





                            
 







2 comentários:

  1. Tô aqui Ale.
    Sou como você, gosto dessa música e de muitas outras do Cantor Cristão.
    Quanto a confiar e contar os problemas para os outros, sempre fui muito reticente.
    Ninguém tem condições de avaliar melhor do que nós o que nos aflige.
    Eu e a débora sempre procuramos resolver nossas questões diante de Deus e de Sua palavra.
    Mas, sabemos que existem pessoas que não tem condições de lutarem sozinhas.
    Em relação a pouca vergonha que existe no mundo e infelizmente nas pessoas que se chamam de crentes, sabemos que o Senhor de tudo é sabedor.
    Como está escrito: Existe um memorial diante de Deus, e "naquele dia" saberemos a diferença entre o que serve ao Senhor e o que não O serve.
    Sossegue mesmo, porque você colocou a boa semente dentro do seu lar.
    Persevere em seus objetivos e deixe sempre viva em sua memória que em Cristo você já é mais que vencedora.
    Pra você esta música:
    Deus não vive longe lá no céu sem se importar comigo, mas agora ao meu lado está, cada dia sinto o seu cuidar, ajudando-me a caminhar, tudo Ele é pra mim.
    Belezzzzzzzz..............

    ResponderExcluir
  2. Oieee
    Obrigado pelos comentários

    bjs

    ResponderExcluir

Podem comentar...eu fico feliz!!!!!!!!!